terça-feira, 13 de setembro de 2011

Terça, 13 de setembro de 2011

De neurônios
No cérebro de um homem, estava um neurônio sozinho.
Um dia, um outro neurônio passa por lá meio apressado.
O neurônio solitário puxa conversa:
- Olá!!! Tudo bem? Como vai? Prazer em vê-lo! Vamos conversar?
O neurônio que passeava pelo cérebro acha estranha a hospitalidade:
- Olá, companheiro! Posso saber o motivo de tanta felicidade em me ver?
- Quer saber? Você é o primeiro neurônio que vejo passar por aqui depois de décadas... estou sozinho há tanto tempo nesse maldito cérebro.
- Mas espera aí, há quanto tempo você está aqui solitário?
- Bem, desde sempre. Sempre estive aqui!
- Cara!! Como tu é burro!
- Por quê?
- Ora, desce pro pinto! Tá todo mundo lá!!!
-----
EU NÃO CASAVA MAIS!!!


video

-----
De premonição
O cara vai ao quarto filho para dar boa noite. O guri está tendo um pesadelo.
O pai o acorda e pergunta se está bem.
O filho responde que está com medo porque sonhou que a tia Suzana havia morrido.
O pai garante que tia Suzana está muito bem e manda-o de novo para a cama.
No dia seguinte a tia Suzana morre.
Uma semana depois, o homem volta ao quarto do filho para dar boa noite.
O garoto está tendo outro pesadelo, e desta vez diz que sonhou que o avô havia morrido..
No dia seguinte o vovô morre.
Uma semana depois, o esmo ritual.
O garoto está tendo outro pesadelo.
Desta vez o filho responde que sonhou que o papai havia morrido.
O pai garante que está muito bem e manda-o de novo para a cama.
No dia seguinte ele está apavorado.Tem certeza de que vai morrer.
Sai para o trabalho e dirige com o maior cuidado para evitar uma colisão. Não almoça com medo de veneno; evita as pessoas, com medo de ser assassinado, tem um sobressalto a cada rua. Ao voltar para casa, ele
encontra a esposa e diz:
- Meu Deus. Tive o pior dia de minha vida!
E ela, toda chorosa:
- Você acha que o seu foi pior do que o meu??? E o meu chefe, que morreu hoje de manhã assim que chegou ao escritório!

Nenhum comentário:

Postar um comentário